Interforensics

PortugueseEnglish

02 a 05 de novembro de 2021 | Foz do Iguaçu/PR - Brasil

Microvestígios definem-se como sinais, materiais ou marcas diminutas preservados em local de crime/corpo de delito que, ao serem reconhecidos e analisados, podem tornar-se indícios de uma prática delituosa. De acordo com o princípio da transferência de Locard, “qualquer ação de um indivíduo e, obviamente, a ação violenta constituindo um crime, não ocorre sem deixar traços”. esse fundamento da Criminalística é uma noção básica que leva ao conceito de evidências-traço, termo empregado em países de língua inglesa para a idéia semelhante à microvestígios, ou seja, vestígios não visíveis a olho nu, ou dificilmente visíveis, em quantidades demasiadamente pequenas para realizar exames destrutivos estatisticamente significativos. Pólens, fungos, fibras, vidros e outros componentes naturais e antrópicos em solos e nos mais variados substratos e suportes compõem o universo dos microvestígios.

Uma das grandes novidades da InterForensics 2021, a trilha de Microvestígios versará sobre assuntos como uso de solos e seus componentes para fins forenses, palinologia e micologia forense e métodos analíticos empregados para caracterização de evidências traço encontradas em cenas de crime. Casos práticos com resolução satisfatória serão abordados e será promovida a discussão sobre a necessidade de avanços nas unidades de criminalísticas sobre as carências na observação adequada e exames confiáveis em microvestígios.